Fundado em 20 de Outubro de 2008, na cidade de Vila Velha-ES, somos um grupo de amigos/protetores dos animais, que os amam de forma incondicional e, nos preocupamos com a preservação de suas vidas.


Sem fins lucrativos, trabalhamos voluntariamente na elaboração de eventos beneficentes e na sensibilização do ser humano em prol dos animais.

Não possuímos abrigo, nem fazemos resgates, apenas apoiamos e divulgamos protetores independetes e entidades voltadas para essa questão.



terça-feira, 4 de novembro de 2008

Animais de Circo (Parte 1)

AS ONGS PARTEM PARA O ATAQUE E AGORA A VÍTIMA É O CIRCO ESTORIL

Em mais uma ação contra os circos com animais, imagens de um empregado batendo nos animais do Circo Estoril foram parar na redação do programa Fantástico, da Rede Globo e irão ao ar neste domingo, dia 2 de novembro. O empregado estava há 5 meses na empresa e há um mês e meio trabalhava com os animais.

Em nota oficial, a proprietária do Circo Estoril, Luzdalma Portugal se manifesta contra à atitude do funcionário e diz ser este um caso isolado. Luzdalma afirma ainda que quando houve desconfiança de maus tratos aos animais, o empregado foi remanejado para sua antiga função, de montagem e desmontagem da lona e que os animais gozam de boa saúde, o que pode ser atestados por documentos clínicos eAlinhar ao centro a opinião de médicos veterinários que realizam acompanhamento contínuo. A proprietária do circo afirma que o IBAMA realizou três visitas técnicas ao circo durante sua temporada em Salvador (BA) e não identificou nenhuma irregularidade.

---

AUDIÊNCIA SOBRE O CASO SERÁ NO DIA 04/11/2008

A Associação Brasileira Terra Verde Viva, o Instituto Arca de Noé-Proteção aos Animais e Preservação do Meio Ambiente, o Ministério Público do Estado da Bahia e a União Defensora dos Animais-Bicho Feliz, moveram uma ação contra o Circo Estoril sobre este caso, considerado pela direção do circo como inadmissível. A audiência está marcada para a próxima terça-feira (4 de novembro), onde o circo apresentará todos os documentos comprovando a idoneidade da administração e o bom trato dos animais. O Circo afirma também que já está tomando as medidas cabíveis ao agressor dos animais.

Nenhum comentário: