Fundado em 20 de Outubro de 2008, na cidade de Vila Velha-ES, somos um grupo de amigos/protetores dos animais, que os amam de forma incondicional e, nos preocupamos com a preservação de suas vidas.


Sem fins lucrativos, trabalhamos voluntariamente na elaboração de eventos beneficentes e na sensibilização do ser humano em prol dos animais.

Não possuímos abrigo, nem fazemos resgates, apenas apoiamos e divulgamos protetores independetes e entidades voltadas para essa questão.



segunda-feira, 9 de novembro de 2009

[LAR PROVISÓRIO/DEFINITIVO] Cães de Stª Mônica (Vila Velha - ES)

Contato com o GRAPPA:
grappa.es@gmail.com

(clique na imagem para melhor visualização)

domingo, 8 de novembro de 2009

Exposição Fotográfica: COMER COM OS OLHOS

Fotografia e culinária se fundem em uma sugestiva exposição que une o melhor da gastronomia contemporânea com o olhar da fotógrafa carioca Fernanda Melonio. “Comer com os Olhos” é o nome de uma mostra que começa no dia 24 de outubro, na Univates Lajeado, e pretende mostrar como uma mediação visual pode despertar e mesmo aguçar outros sentidos, como o gustativo, por vezes de modo mais intenso do que o próprio prato, acentuando as sensações e fazendo com que seu observador tenha reações fisiológicas como salivar ao imaginar o sabor daquele determinado alimento, se esforçando para lembrar que pode olhar, mas não tocar, por mais tentadoras que sejam as fotografias.

Exposição Fotográfica "Comer com os Olhos"
Artísta: Fernanda Melonio
Período: De 24 de outubro a 16 de novembro de 2009
Local: Centro Universitário Univates (Rua Avelino Talini, 171 - Bairro Universitário - Lajeado - RS)
Espaços Arte 7 e 8
Horário: Segunda a Sexta-Feira das 8h às 22h30 e aos Sábados das 8h às 12h.
Contato: (51) 3714 7000, ramais 5326 e 5362 ou nucleodecultura@univates.br .

AQUECIMENTO GLOBAL

A SUA CASA TEM VALOR... E A DELES?



AQUECIMENTO GLOBAL
Quando você o sente, já é tarde demais!

BALEIAS: Vítimas Constantes

Inúmeras são as notícias que ouvimos sobre elas todos os dias. E, infelizmente, não são nada boas. Destacando as mais recentes, temos a temida Orca, conhecida como “baleia assassina”, ocupando cada vez mais o papel oposto ao significado de seu “apelido”. No final de 2005 pesquisadores noruegueses da ONG WWF chegaram à conclusão de que as orcas são os mamíferos que mais sofrem atualmente com a poluição no Ártico, ocupando o lugar dos ursos polares, que até então lideravam esse triste ranking. Nenhum outro mamífero ingere uma concentração tão grande de substâncias químicas maléficas produzidas pelo homem naquele ecossistema.

Enquanto isso, a Sociedade pela Conservação das Baleias e Golfinhos (WDCS - Whale and Dolphin Conservation Society) afirma, segundo notícia divulgada em fevereiro, que o estoque de carne de baleia mantido pelo Japão é tão grande que o país começou a vendê-lo como comida para cachorro. “A WDCS espera que o uso manifesto de carne de baleia como ração para cães no Japão demonstre que o programa científico de caça às baleias é uma armação com motivações políticas”, disse a organização em seu site sobre a justificativa dada pelo país para dar continuidade à caça de baleias.

Não há dúvidas de que o Japão hoje é o país-vilão quando se trata da não- proteção às baleais. Apesar de ser proibida em nível mundial desde 1986, através de uma moratória internacional, a caça comercial às baleias continua a acontecer no país com a justificativa de fins científicos.

A questão delicada da moratória é o fato de permitir aos países se auto-outorgarem licenças para a captura de baleias para pesquisas. O Japão abusa dessa norma e mata centenas de baleias por ano com o argumento da “pesquisa científica”. A carne e a gordura resultantes da “pesquisa” são vendidas livremente no mercado japonês. O grande desafio hoje é fazer com que o Japão pare de usar essa mentira para expandir sua caça comercial.

Covardias à parte, o Instituto Baleia Jubarte enumera vários motivos para não se matar baleias, entre eles:

- São animais únicos, os maiores que já viveram no planeta desde que a Terra se formou. As baleias são dóceis e pacíficas.

- Baleias geram 1 filhote em média a cada 3 anos. Elas não são peixes, que colocam mais de 1 milhão de ovos por 2 ou 3 vezes ao ano.

- Inteligência é medida através da massa cerebral - a maioria das espécies de baleias e golfinhos possui cérebro relativamente maior que os dos seres humanos.

- São animais que não têm pátria, são mundiais. Ou seja, são “patrimônio” da Terra sem limites geopolíticos - uma herança comum a todos seres humanos.

- Cetáceos vivos podem gerar incrementos na economia de uma forma global e não centralizada, através do desenvolvimento do turismo (whalewatching).

- Os produtos oriundos das baleias são todos substituíveis.

- Existe a argumentação de que baleias competem com os seres humanos no que se refere à alimentação (peixes). Esse argumento é infundado. A pesca exploratória é que é comprovadamente predatória.

- São animais que não têm pátria, são mundiais. Ou seja, são “patrimônio” da Terra sem limites geopolíticos - uma herança comum a todos seres humanos.

- Cetáceos vivos podem gerar incrementos na economia de uma forma global e não centralizada, através do desenvolvimento do turismo (whalewatching).

- Os produtos oriundos das baleias são todos substituíveis.

- Existe a argumentação de que baleias competem com os seres humanos no que se refere à alimentação (peixes). Esse argumento é infundado. A pesca exploratória é que é comprovadamente predatória.

Principais ameaças às baleias:

- Caça comercial de baleias e pequenos cetáceos.

- Degradação do ambiente marinho pelo rápido crescimento das áreas costeiras.

- Efluentes industriais carregando seus produtos químicos.

- Superexploração dos estoques pesqueiros, reduzindo o suprimento de alimentos.

- Aumento do número de embarcações, resultando na mortandade de cetáceos devido às colisões.

Saiba + sobre as baleias acessando o site Instituto Aqualung

Cães precisam gastar energia com atividades físicas adequadas

Antes de levar um cachorro para casa é preciso pensar muito, visto que cuidar de cães implica responsabilidade. Os cachorros são animais independentes e, como muitos vivem em apartamentos, nem sempre há espaço para eles gastarem as energias. Por isso é importante prestar atenção em cada raça para que os animais de estimação recebam os cuidados apropriados.

“Como regra geral, a gente deve escolher um cão pequeno para uma área pequena. Já para espaços grandes, a gente pode pensar em raças maiores. Claro que os cães podem ser adaptados, desde que eles tenham uma atividade física de acordo com as características de cada raça”, explica a adestradora de cães Renata Mendes.

Por falta de tempo, os tutores de alguns cachorros preferem deixar os animais em lugares que funcionam como creches. Os espaços destinados a cães oferecem recreação, técnicas de adestramento, além de exercício para gastar as energias. “Para os cachorros, a creche é uma festa. Eles se divertem tanto que às vezes não querem nem voltar para casa”, explica o motorista José Mota.

Outra opção para quem não dispõe de tempo é contratar um passeador, profissional que cuida dos animais. “Eu saio somente com três cachorros de cada vez, para dividir melhor a atenção e garantir a segurança”, explica o passeador Andrey Stock.

Os especialistas lembram que não se deve mimar os animais, nem quando eles são filhotes. “A educação canina se faz a partir dos primeiros meses. Quando cão já é adulto, em alguns casos é possível condicioná-los, mas o ideal é começar cedo, na idade correta”, comenta o adestrador de cães, Nahum Ancelmo.

10 Atributos dos Verdadeiros Protetores dos Animais


1. Carisma: Instila fé, respeito e confiança. Tem uma capacidade especial para enxergar o que para outros requer tempo para pensar. Transmite um forte senso de missão.

2. Consideração Individual: Prepara, aconselha e instrui as pessoas que precisam. Ouve ativamente os mais antigos e ajuda os novatos.

3. Estimulação Intelectual: Incentiva os outros a usar a razão e as evidências, em vez de emitir opiniões infundadas. Comunica-se de um jeito que força os demais a reavaliar idéias que jamais haviam questionado.

4. Coragem: Defende idéias mesmo que elas não sejam populares. Faz o que é certo para a causa e para os participantes, ainda que isso cause sofrimento pessoal.

5. Segurança: Acompanha e honra compromissos. Assume seus atos e aceita responsabilidade pelos erros. Trabalha bem, independentemente de precisar de um comando.

6. Flexibilidade: Funciona eficientemente em ambientes de transformação.
Consegue lidar com mais de um problema por vez.
Sabe expor suas idéias, sem utilizar de reações agressivas.
Convence, pela postura.

7. Integridade: Faz o que é moral e eticamente correto. Não abusa de privilégios. È um modelo consistente.

8. Discernimento: Consegue fazer avaliações objetivas e seguras de situações alternativas de ação por meio de lógica, análise e comparação.
Utiliza sua experiência e informação para dar perspectiva a decisões presentes.

9. Respeito aos Outros: Reconhece e não menospreza as opiniões e o trabalho de outras pessoas, independentemente de status ou posição.

10. Lealdade à Causa: Respeita a todos, não passando por cima de ninguém, não plagia idéias e nem difama as iniciativas bem sucedidas.
Não aceita jamais que pessoas, pratiquem atos que prejudicarão a ideologia.
Combate os invejosos e os mal intencionados.
Valoriza as BOAS AÇÕES


Fonte: Vininha F. Carvalho - Del Valle Editoria

Elite Adestramento de Cães

Elite Adestramento de Cães
Contato com Hugo: (73) 8119-3352
Itabuna - BA
Orkut: Elite Adestramento

ALIMENTAÇÃO: tudo o que os cães não devem comer jamais

Chocolate, cebola e passa são alguns dos alimentos que devem passar longe do prato de comida do seu cão. Os problemas de saúde decorrentes de alimentação inadequada podem ir desde desarranjos intestinais, taquicardia e anemia até convulsões, depressão do sistema nervoso ou mesmo a morte. Veja a seguir uma de uma lista de comidas que não devem ser oferecidas aos cães sob nenhuma hipótese:


BEBIDAS ALCOÓLICAS

Muitas vezes são adocicadas e podem atrair cães e gatos, mas podem induzir uma intoxicação séria e às vezes fatal. Sinais e efeitos colaterais: Descordenação, Excitação, Depressão, Urinar excessivamente, Respiração lenta, Ataque cardíaco e morte.

ABACATE

Folhas, semente e a fruta do abacate contem uma substância tóxica chamada persina. Pode causar desarranjo gastro-intestinal.

CAFÉ (todas as formas)

Café contem componentes perigosos que podem causar danos ao sistema nervoso e sistema urinário, além de ser um estimulante cardíaco.

CASCAS DE BATATAS

Batatas e tomates contem uma substância chamada solanina e outro alcalóides. Se ingeridos em grande quantidade, podem gerar salivação excessiva, desarranjo do trato gastrointestinal, perda de apetite, depressão do sistema nervoso central e outors sintomas. Evite.

CEBOLA

Cebolas contme tiosulfato. Cachorros sensíveis a cebola podem desenvolver anemia. Felizmente todos os cachorros se recuperam quando não ingerem mais cebola.

CHOCOLATE (todas as formas)

Chocolate contem teobromina, um composto diurético e estimulante do coração. Sinais: Excitação inicial, beber e urinar excessivamente, vômito e diarréia. Chocolate pode causar ritmo cardíaco acelerado, podendo levar a convulsões ou mesmo morte.

COMIDAS ESTRAGADAS OU MOFADAS

Muitos tipos de mofo contem uma toxina chamada aflatoxina. Pode causar vômito/diarréia, tremores musculares, descordenação, febre, salivação excessiva e danos ao fígado.

COMIDAS GORDUROSAS

O problema principal destes alimentos é um desarranjo gastrointestinal e, em alguns casos pode culminar em uma pancreatite. Pode ser fatal em alguns animais e é quase sempre causado por comidas muito gordurosas como bacon.

NOZ MACADÂMIA

A macadâmia contem uma toxina desconhecida que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso de cachorros. Já foram registrados casos de paralisia.

UVAS E UVAS PASSAS

Existem casos registrados de apenas 6 (seis) uvas ou passas causando insuficiência renal aguda. A toxina não foi identificada ainda.

No caso de intoxicação sempre leve ao veterinário mais próximo. Nunca deixe medicamentos ao alcance de animais.

Fonte: Site Vira-Lata SRZD

Saiba + como manter uma alimentação saudável para o seu animal.
Visite o site: www.cachorroverde.com.br

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Picnic Vegan

PARTICIPE!
Domingo, 08 de Novembro
Às 15h, no Campo de Futebol do Parque Pedra da Cebola
Vitória - ES

Documentário "MEAT THE TRUTH" - ES

(Vitória, ES)

Documentário feito pelo "Partido dos Animais" da Holanda. É a resposta ao "Uma verdade incoveniente" do Al Gore, que trata de algumas das causas do aquecimento global, poluição e males afins, mas deixa a questão da pecuária de lado (por motivos políticos).
A pecuária é a maior responsável por essa devastação.
Acha isso loucura? Assista! Conscientização só cresce!