Fundado em 20 de Outubro de 2008, na cidade de Vila Velha-ES, somos um grupo de amigos/protetores dos animais, que os amam de forma incondicional e, nos preocupamos com a preservação de suas vidas.


Sem fins lucrativos, trabalhamos voluntariamente na elaboração de eventos beneficentes e na sensibilização do ser humano em prol dos animais.

Não possuímos abrigo, nem fazemos resgates, apenas apoiamos e divulgamos protetores independetes e entidades voltadas para essa questão.



sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

NEWS


Campanha vacina cães e gatos contra vermes e sarna em Porto Alegre (12/11/2008)

Cães e gatos do bairro Vila Nova, em Porto Alegre, podem ser vacinados contra vermes e sarna nesta quarta-feira (12), a partir das 14h30. De acordo com a prefeitura, a ação é realizada pela Secretaria Municipal de Saúde.

A vacinação, ainda de acordo com a prefeitura, integra um conjunto de ações realizadas com as cerca de 70 famílias transferidas da Vila Foz para o loteamento Campos do Cristal, por meio de um programa sócio-ambiental. No mês passado, a comunidade recebeu um material informativo sobre posse responsável de animais e aplicação de medicamentos.

O Núcleo de Vigilância em População Animal da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde estima que Porto Alegre tenha 200 mil animais domésticos, entre cães e gatos. A vacinação desta quarta-feira acontece junto ao PSF Campos do Cristal, Beco do Império, nº 541.
____________________________________________________________________

Obama procura um cachorro que não cause alergia (18/11/2008)

Será que existe uma raça que não cause alergias? Confira uma lista que pode ajudar na escolha do animal.

Uma das primeiras declarações de Barack Obama ao vencer a eleição nos Estados Unidos foi prometer às suas filhas que elas poderiam ter um mascote.

O problema é que a filha mais velha do presidente eleito, Maia, é alérgica a cachorros. Segundo alguns veículos da mídia norte-americanos, a família estaria procurando um “cachorro hipoalergênico” para morar na Casa Branca.

Se pesquisarmos na internet o tema, encontraremos vários sites prometendo que determinadas raças ou mesmo cachorros desenvolvidos em laboratórios não causariam alergias.

As alergias causadas por animais ocorrem por conta de proteínas secretadas no suor, saliva e por meio da pele dos animais. Daí a primeira constatação, não existe um animal com características hipoalergênicas.

Pessoas sensíveis ao entrar em contato com essa proteína poderão ter reações alérgicas de pele e crises respiratórias.

Discute-se se a presença ou não de pêlos, o comprimento deles e o tamanho dos cachorros teriam papel no desencadear de alergias.

Os pelos menores poderão diminuir a disseminação da proteína excretada pela pele em móveis e tapetes. Cães menores excretariam menor quantidade de substância alergênica, porém a sensibilidade é individual e pode não depender da quantidade para iniciar uma crise.

Se o convívio de uma criança alérgica e um animal for inevitável, algumas dicas podem ajudar: mantenha o quarto de dormir isolado dos animais, as crianças passam muitas horas nesses ambientes; lavar as mãos após brincar com os animais é importante mesmo para quem não é alérgico.

Não se sabe se o futuro homem mais poderoso do planeta vai conseguir resolver seu primeiro conflito em casa. De qualquer forma, veja uma lista de raças que causariam menos alergias:
  • Basenji
  • Bedlington Terrier
  • Bichon Frise
  • Cairn Terrier
  • Chinese Crested
  • Coton de Tulear
  • Fox Terrier
  • Havanese
  • Irish Water Spaniel
  • Kerry Blue Terrier
  • Maltese
  • Poodle
  • Portuguese Water Dog
  • Schnauzer
  • Shih Tzu
  • Soft Coated Wheaten Terrier
  • Yorkshire Terrier
Fonte: DogTime

Luis Fernando Correia é médico e apresentador do "Saúde em Foco", da CBN.
____________________________________________________________________

RAÇÃO CONTAMINADA MATA 1.500 CÃES NA CHINA. (25/11/2008)

Fonte: Estadão

PEQUIM - Cerca de 1.500 cachorros no noroeste da China morreram depois
de comerem ração animal contaminada com o mesmo produto químico que
contaminou derivados de leite.
Os cães raccoon - de uma raça nativa do leste asiático que é criada
por sua pele - foram alimentados com um produto que continha melamina
e desenvolveram pedras nos rins, disse Zhang Wenkui, professor de
veterinária na Universidade Shenyang de Agricultura. Todos os
cachorros morreram em fazendas de apenas uma vila.

Zhang determinou que os animais morreram de falência renal após a
realização de necropsias em cerca de uma dúzia de animais. Ele se
negou a dizer quando as mortes aconteceram, mas um relatório trazido
pelo jornal Southern Metropolis Daily informou que elas ocorreram
durante os últimos dois meses.

"Primeiro, encontramos melamina nas rações animais, depois, encontrei
25% de pedras nos rins dos cachorros, formadas de melamina", disse
Zhang.

O jornal também colocou a melamina como culpada da morte de centenas
de cães, mas não ficou claro como o produto chegou às rações animais.

No atual escândalo do leite, afirma-se que a melamina era acrescentada
ao leite adulterado para aumentar artificialmente seu nível de
nitrogênio, fazendo com que os produtos parecessem ter mais proteína
quando testados.

Zhang informou que a empresa que produz a ração está conversando com
criadores de Xishan, a vila da província de Liaoning, onde os
cachorros morreram, sobre providenciar compensação e os pressionou
para que não falassem com a mídia.

Zhang não informou o nome da companhia, mas o jornal afirma que a
ração foi produzida por Harbin Hualong Feed Co. A empresa se recusou a
comentar, dizendo que seus representantes estavam em reunião.


http://www.estadao. com.br/vidae/ not_vid263190, 0.htm
____________________________________________________________________

• Casal inglês dá uma mansão de R$ 2,5 milhões para os "melhores amigos" (26/11/2008)

Os animais pertencem a um casal bem-sucedido: um contador e uma médica. A mansão onde os cachorros vão morar custará a bagatela de 700 mil libras esterlinas (algo em torno de dois milhões e meio de reais!!!), e está localizada em um condomínio classe AAAAA, em Cirencester, Inglaterra. Toda a casa será computadorizada e poderá ser controlada de qualquer parte do mundo.

Veja abaixo o que a casinha dos cães amados e adorados terá:

- TV de plasma de 52 polegadas, com surround sound music system.

- Sistema de segurança que reconhece apenas a retina dos "filhos" caninos do casal inglês. Assim, os demais cães não entram de jeito algum!

- Três quartos, com camas separadas.

- Uma "dog-lounge", para os cães relaxarem, provavelmente ao som de Vivaldi ou "Who let the dogs out?", em um dia mais rebelde.

- Sistema de elevador nas camas, para permitir que os cães possam ver pelas janelas sem muito esforço.

- Sofás-camas com pêlo de carneiro que permitem controle de temperatura.
- Reserva automática de alimentos. Do tipo: latiu, apertou o botão, comeu.

- Área externa para os cachorros brincarem e serem cachorros.

- Um abrigo outdoor, vigiado por câmeras no melhor estilo Big Brother.

- Um mini-spa com ladeira leve e banho de sais.

Nenhum comentário: