Fundado em 20 de Outubro de 2008, na cidade de Vila Velha-ES, somos um grupo de amigos/protetores dos animais, que os amam de forma incondicional e, nos preocupamos com a preservação de suas vidas.


Sem fins lucrativos, trabalhamos voluntariamente na elaboração de eventos beneficentes e na sensibilização do ser humano em prol dos animais.

Não possuímos abrigo, nem fazemos resgates, apenas apoiamos e divulgamos protetores independetes e entidades voltadas para essa questão.



sábado, 13 de dezembro de 2008

CIRCUS

Britney Spears é acusada de abuso de animais
(08/12/2008)


O grupo PETA acusou a cantora por ela ter usado bichos na gravação de seu novo clipe
A cantora Britney Spears está sendo acusada de abuso de animais.
A ONG PETA, que luta pelos direitos dos animais, acusou a cantora de abuso porque ela usou bichos na gravação de seu novo clipe "Circus".
Segundo o site "Oh no they didn't", o grupo chamou Britney de "sem noção".

No clipe, um elefante aparece como parte do circo da loira.

Confira o novo vídeo de Britney Spears, "Circus":
http://www.youtube.com/watch?v=woI5zyaGfZg&feature=related

______________________________________________________________________

'Animais em Circo' é tema de seminário na OAB, em SP

(09/12/2008)

O uso de animais em espetáculos circenses foi debatido no seminário "Animais em Circo: aspectos éticos e jurídicos", promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, seção SP, e pela revista Pensata Animal (http://www.pensataanimal.net).
O evento ocorreu no momento em que se intensificam as iniciativas pelo fim das exibições de animais nos picadeiros, devido aos danos e à violência a que estes são submetidos, inerentes à atividade itinerante dos circos. Os exemplos são a privação de seus habitats de origem, os treinamentos contínuos e forçosos por meio de espancamentos, mutilações e aplicação de choques elétricos, privação de alimento, confinamento com correntes e em jaulas minúsculas. Estas e outras situações têm sido freqüentemente registradas por ativistas e órgãos jornalísticos.
A manifestação "Lugar de animal não é no circo", promovida pelos grupos Veddas e Holocausto Animal, levou neste domingo, centenas de ativistas e simpatizantes à Av. Paulista, em São Paulo.
Na internet, um abaixo-assinado (http://www.petitiononline.com/plcircos) já conta com mais de 25.000 assinaturas e pede a aprovação do substitutivo do Projeto de Lei nº. 7291/06, que tramita na Câmara Federal e que prevê a proibição do uso de animais por circos em todo o país. Cinco estados (Paraíba, Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul) e dezenas de cidades (entre elas Florianópolis, Campo Grande, Campinas, Guarulhos e Blumenau) já proíbem as apresentações.

Expositores
O encontro na OAB SP contou com a presença da ativista Nina Rosa Jacob, produtora de vídeos e livros pela valorização da vida animal, que falou sobre o tema "Circos sem animais: uma jornada pela liberdade".
O advogado Daniel Braga Lourenço, autor do livro "Direito dos animais: fundamentação e novas perspectivas" e diretor jurídico do Instituto Abolicionista Animal, explanou sobre os "Fundamentos do Direito dos animais".
Renata de Freitas Martins, advogada e uma das principais autoridades no país sobre a questão, com atuação na elaboração de leis e proposição de ações judiciais contra maus-tratos, teve como título de sua exposição "Animais em circo: prática jurídica e legislativa". Entre outros assuntos, abordou-se o Projeto de Lei nº. 7291/06.
O promotor de justiça Laerte Fernando Levai, que teve texto citado no último vestibular da Unicamp em que propõe a criação de uma promotoria especializada em Defesa Animal, fez sua exposição sob o título "Circos com animais: a natureza subjugada".
O seminário ocorreu no dia 11 de dezembro, quinta-feira, a partir das 19h, na sede da OAB SP, Praça da Sé, 385, 1° andar, São Paulo/SP. A entrada era confirmada mediante a entrega, no dia do evento, de 1kg de alimento não perecível ou 2 kg de ração para cães ou gatos. As pessoas que não pudessem levar os produtos adquiriram no local um vale-ração. Os alimentos serão entregues as entidades assistenciais, a ração a organizações de defesa animal.
O evento contou com o apoio da Escola Superior do Ministério Público de SP, do Instituto "O Direito por um Planeta Verde" e da ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais.

Nenhum comentário: