Fundado em 20 de Outubro de 2008, na cidade de Vila Velha-ES, somos um grupo de amigos/protetores dos animais, que os amam de forma incondicional e, nos preocupamos com a preservação de suas vidas.


Sem fins lucrativos, trabalhamos voluntariamente na elaboração de eventos beneficentes e na sensibilização do ser humano em prol dos animais.

Não possuímos abrigo, nem fazemos resgates, apenas apoiamos e divulgamos protetores independetes e entidades voltadas para essa questão.



domingo, 8 de novembro de 2009

Cães precisam gastar energia com atividades físicas adequadas

Antes de levar um cachorro para casa é preciso pensar muito, visto que cuidar de cães implica responsabilidade. Os cachorros são animais independentes e, como muitos vivem em apartamentos, nem sempre há espaço para eles gastarem as energias. Por isso é importante prestar atenção em cada raça para que os animais de estimação recebam os cuidados apropriados.

“Como regra geral, a gente deve escolher um cão pequeno para uma área pequena. Já para espaços grandes, a gente pode pensar em raças maiores. Claro que os cães podem ser adaptados, desde que eles tenham uma atividade física de acordo com as características de cada raça”, explica a adestradora de cães Renata Mendes.

Por falta de tempo, os tutores de alguns cachorros preferem deixar os animais em lugares que funcionam como creches. Os espaços destinados a cães oferecem recreação, técnicas de adestramento, além de exercício para gastar as energias. “Para os cachorros, a creche é uma festa. Eles se divertem tanto que às vezes não querem nem voltar para casa”, explica o motorista José Mota.

Outra opção para quem não dispõe de tempo é contratar um passeador, profissional que cuida dos animais. “Eu saio somente com três cachorros de cada vez, para dividir melhor a atenção e garantir a segurança”, explica o passeador Andrey Stock.

Os especialistas lembram que não se deve mimar os animais, nem quando eles são filhotes. “A educação canina se faz a partir dos primeiros meses. Quando cão já é adulto, em alguns casos é possível condicioná-los, mas o ideal é começar cedo, na idade correta”, comenta o adestrador de cães, Nahum Ancelmo.

Nenhum comentário: